Direccao
Docentes
Acreditacao
Delegacoes

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Home page
Unipsi
Promoções
Formacao Continua
Pos-graduacoes
Especializacoes
Mestrados
Workshops
Servicos de Apoio
Inscricoes
Contactos

 

 


Acreditação

 

 

 


 

 

 

Formação Contínua

O processo da acreditação da formação contínua em Portugal tem estado envolto de contínuas mudanças e poucas definições: Inicialmente cabia ao INOFOR o reconhecimento das entidades formadoras, tendo rapidamente esta entidade sido extinta para dar lugar ao IQF. No entanto esta entidade também existiu muito pouco tempo tendo sido extinta para actualmente passar as suas competências para a DGERT.

Em Portugal, como na maioria dos países europeus, salvo raras excepções e como acontece para a globalidade dos sistemas de reconhecimento e controlo de qualidade, não é obrigatório a acreditação de entidades formadoras

Por outro lado, a acreditação concedida pela DGERT incide sobre a entidade formadora e não sobre as acções/cursos por ela ministrados. A certificação ou homologação de cursos em cada área de actividade/conhecimento é feita pelos organismos competentes em cada área, se existir legislação que a isso obrigue

Todos os cursos de Psicologia e ciências comportamentais da UNIPSIestão ACREDITADOS pelo Instituto Nacional de Psicologia e Neurociências - Instituição científica portuguesa sem fins lucrativos. Da mesma forma, todos os FORMADORES possuem Certificado de Aptidão Profissional (CAP) emitido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, que assegura a sua qualidade científica e pedagógica.

 No que concerne à formação à distância, por E-Learning, o E-FORMACAO foi uma das (senão a primeira) entidades portuguesas a realizar formação à distância no âmbito da psicologia/ ciência do comportamento, contando com uma vasta experiência na àrea.

  

Pós-graduações

De acordo com a actual legislação, o Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) apenas se pode pronunciar sobre as pós-graduações que conduzam à atribuição de graus académicos (como sejam as Licenciaturas, Mestrados e Doutoramentos). Neste sentido, todas as demais pós-graduações regem-se pelos mesmos princípios que a Formação Contínua, dela diferindo pela sua maior duração, grau de abrangência, especificidade e pré-requisito da existência no mínimo de um título prévio de licenciatura.

Não obstante, nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, e tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico, compete aos estabelecimentos de ensino superior,  reconhecer, através da atribuição de créditos, formação de natureza diversa.

A este propósito, orgulhamo-nos de possuir actualmente vários ex-alunos a frequentar programas de mestrado ou de doutoramento em várias universidades de reconhecido mérito nacional e internacional.

  

Mestrados e Doutoramentos

Nem a UNIPSI nem a E-FORMAÇÃO são estabelecimentos de Ensino Superior, pelo que, naturalmente não nos compete a emissão de certificados ou de títulos académicos de Mestre ou Doutor. Os Mestrados e/ou Doutoramentos divulgados, realizam-se em parceria com Universidades portuguesas e/ou estrangeiras, que reconhecendo o elevado mérito da nossa entidade, aceitaram proceder à realização destes cursos superiores em parceria, sendo pois a emissão dos respectivos certificados ou títulos próprios sempre da responsabilidade da Universidade organizadora.

 A UNIPSI/ E-Formação foi uma das primeiras entidades portuguesas a realizar MESTRADOS completamente ON LINE, em parceria com Universidades estrangeiras.


 

Controlo de Qualidade

Todos os cursos UNIPSI se regem por um elevado controlo. Com vista a uma crescente melhoria e aperfeiçoamento, no final de cada sessão lectiva todos os participantes são convidados a responder a um questionário de análise da mesma. De igual forma, são aplicados questionários de qualidade, relativos aos formadores, instalações, secretariado e formação, no meio e no final de cada curso, sendo os participantes convidados a reportar à coordenação qualquer aspecto que considerem necessário.